Voos Funchal

Voos Funchal

O Funchal não só é a cidade mais populosa do arquipélago da Madeira, como é também a capital da Região Autónoma. O aeroporto que serve o Funchal é também o maior da ilha e é vulgarmente designado por Aeroporto da Madeira, apesar do nome oficial ser Aeroporto Internacional da Madeira - na ilha, também há quem o designe de Aeroporto de Santa Catarina.

Depois de muito tempo, com os voos TAP a monopolizarem quase exclusivo as viagens para o Funchal, a chegada da easyJet veio marcar uma nova era, a era dos voos baratos para o Funchal. Graças às ofertas low cost da companhias, os passageiros podem agora encontrar viagens baratas para a ilha. Também a Madeira ficou a ganhar, aumentando, assim, o turismo na ilha. Os três aeroportos do continente possuem voos para o Funchal, todavia apenas o Porto e Lisboa têm voos diretos. Se viaja desde Faro terá sempre de fazer uma escala.



O Aeroporto do Funchal

Até à década de 60, as viagens entre o continente e a Madeira eram feitas de barco e desde a sua inauguração que o aeroporto já passou por duas grandes obras, que contribuíram para a extensão da pista da aterragem e modernização do aeroporto. E é graças a esta pista, suportada por pilares de 60 metros de altura sobre o mar, que o aeroporto é tão popular, tendo dado a António Segadães Tavares o "Nobel" da Engenharia em 2004 (o " IABSE Outstanding Structure Award").

Além das características da pista, o Aeroporto do Funchal é também reconhecido pelas dificuldade de aterragem. No mundo, apenas alguns pilotos estão autorizados a aterrar aqui, devido à intensidade dos ventos e da turbulência que tanto dificultam a aterragem dos voos para o Funchal. Os pilotos falam também de uma força ascendente, normalmente designada por uplift, que faz com que pareça que o avião não quer e que "teima" em não aterrar.

No entanto, não se assuste, os profissionais que trabalham no aeroporto são especialistas e profissionais devidamente credenciados e especializados.

Sobre o Funchal

O Funchal possui três grandes picos: o Pico Ruivo, o das Torres e o do Arieiro. Este último, o Pico do Pico do Arieiro, é possivelmente aquele mais capta atenção aos turistas, com os seus 1818 metros de altitude. Para chegar aqui, deverá vir de carro (existem várias organizações na ilha que organizam viagens). Além das vistas do miradouro, os mais corajosos podem-se aventurar numa caminhada de quase três horas até ao Pico Ruivo. A caminhada é acessível, mas aconselhamos-lhe a ir preparado(a), com roupa confortável e lanternas, pois terá de passar por algumas grutas e caminhos montanhosas, as famosas "levadas", o nome que a população dava aos carreiros usados como corta-mato, que lhes permitiam chegar aos vários pontos na ilha, antes da construção de estradas na Madeira.

Apesar do clima tropical da Madeira, no inverno neva no pico, mas se o tempo ajudar e estiver sol, poderá avistar do Pico do Arieiro a Ponta de São Lourenço, o Curral das Freiras e até mesmo avistar a ilha do Porto Santo.